Post Type

O Extra Classe está sempre na vanguarda da educação! Estamos sempre trazendo novidades para ajudar no desenvolvimento e na aprendizagem de nossos alunos. Assim, a partir desse ano contamos com o apoio da Metodologia das Boquinhas para auxiliar no processo da alfabetização das crianças que trabalhamos.

Essa metodologia foi idealizada pela Dra. Renata Jardini desde 1997 e a pedagoga Lena Secco do Extra Classe, com conhecimento no assunto, viu a possibilidade de integrar ao seu trabalho os materiais e atividades dessa metodologia. Com o auxílio de um vasto material do aluno e do professor, ela realiza um projeto para tornar os alunos um leitor fluente que entende e interpreta o que lê, ocorrendo independentemente da idade em que essa aprendizagem se processa. Além de ajudar no processo de alfabetização, essa metodologia reabilita as dificuldades de leitura e escrita.

Mas como é esse trabalho? Qual o seu diferencial?
Através de um material ilustrativo adaptado ao nível de leitura e escrita da criança, recursos audiovisuais e atividades artísticas, o aluno consegue articular o movimento da boca quando produz o som, favorecendo na rapidez e segurança, pois compreende o que ouve com a grafia das letras que compõe as palavras, frases e textos. Como Boquinhas foi alicerçado na fonoaudiologia em parceria com a pedagogia ele é indicado para alfabetizar todas as crianças e reabilitar os distúrbios de leitura e escrita. A atenção e a memória de longa duração são bem estimuladas durante as aulas, o que auxilia na aprendizagem.

Com o apoio de um espelho com formato de Boquinha, os alunos visualizam toda a articulação de cada letra trabalhada e depois a escrita. A audição e a visão são muito trabalhadas antes do aluno começar a escrever o que aprendeu. As vogais são apresentadas juntas, seguidas dos encontros vocálicos orais e nasais. As consoantes obedecem a uma ordem e as letras que possam trazer erros fonológicos (sons) e ortográficos (escrita) são apresentadas e trabalhadas juntas.

Não são associados objetos ou nomes únicos a cada letra, como por exemplo, “C de casa”, na intenção de evitar a memorização e associação fechada do nome da letra a um determinado objeto. Tanto os nomes das letras como a sequência alfabética, são trabalhados naturalmente, sem exaustão ou treino repetitivo, com o objetivo de evitar a memorização sem conscientização.

O Extra Classe acredita que essa metodologia desafia o aluno a querer aprender sempre mais, sem limitar a sua aprendizagem.

Extra Classe – Lena Secco – Psicopedagoga, professora e alfabetizadora com a Metodologia das Boquinhas
Acompanhamento Escolar – Aula particular
Matemática Turbinada – Curso Pré-Vestibular
Inglês – Alfabetização – Redação – Revisão do Ensino Médio
3287-6984 / 98822-8132 / 99710-2257

Deixe um comentário