Post Type

Há vários tamanhos de baterias para automóveis e cada um tem um modelo específico. É tido em conta o número de componentes elétricos que é necessário manter em funcionamento quando o carro está desligado. Se o deixar parado durante muito tempo vai deparar-se com um problema: a bateria fraca, ou até mesmo sem carga. Nesses casos não vai conseguir ligar o carro.

Não confunda a bateria com um gerador, pois funcionam de forma diferente. A bateria serve apenas quando o carro está desligado, permitindo que o relógio continue a funcionar, o rádio mantenha as memórias e que as luzes – interiores e exteriores – funcionem.
Quando o carro está ligado é o alternador, que, basicamente, transforma energia mecânica em energia elétrica. Ou seja, alimenta os componentes elétricos do carro e carrega a bateria.

Quando o carro está desligado a carga que está na bateria vai sendo usada para ligar o carro e manter a parte elétrica em funcionamento.

Bateria fraca! Sinal de alarme

O sinal óbvio é a luz da bateria acesa no painel de instrumentos do seu carro. Ou então, se a luz estiver desligada e não conseguir ligar nenhum componente elétrico é porque a carga da bateria está esgotada. O alarme do carro pode ser um componente que poderá funcionar com problemas caso a bateria esteja fraca, exceto se tiver alimentação autônoma. A bateria fraca pode ser uma realidade caso experiencie alguns destes sinais:

  • o carro demorar muito tempo a ligar;
  • as luzes – interiores e exteriores – fiquem frouxas quando o carro está desligado;
  • se o seu automóvel tiver fecho central, este funcionar com dificuldade.

Estes são os principais sinais de alarme de que a bateria pode estar com a carga quase no fim, contudo, estes sintomas podem ser oriundos de outros problemas. No caso do fecho central pode ser um problema no motor do fecho. No caso do tempo para ligar o carro o problema pode ser do motor de arranque. O melhor mesmo é visitar o seu mecânico, pois pode bastar carregar a bateria ou ser preciso substituí-la.