Post Type

O corsage é um adorno de flores, utilizado geralmente no pulso, do lado esquerdo, que traz padronização e charme à produção das madrinhas. Popularmente conhecido como um minibuquê de flores, ou um adorno de flores, utilizado no pulso pelas madrinhas de casamento, pelas mães dos noivos, avós, demoiselles e daminhas, no bom, belo e criativo estilo americano. Na verdade, a origem é europeia e surgiu na idade média entre as noivas, com o propósito de disfarçar os odores, visto que os banhos eram na maioria anuais, por conta do frio, e acontecia em maio, porque os casamentos eram feitos em junho, início do verão francês. As noivas então carregavam buquês de flores e ervas junto ao corpo para disfarçar os odores. Os americanos, com sua criatividade, além de usarem o corsage nas formaturas, instituindo uma tradição onde os rapazes entregam um corsage de presente para as moças em sinal de respeito e consideração, trouxeram o adorno para os casamentos. “Vem deles a moda de padronizar as madrinhas ou demoiselles, como forma de diferenciar estas dos outros convidados. Embora não seja um hábito tão comum no Brasil, muitas noivas já estão aderindo ao corsage para madrinhas. É símbolo de romantismo e está ligado à noiva, ao que ela sente e deseja. Ele expressa sua alegria, emoção e felicidade. É um adorno simples, mas que tem um significado intenso. Uma forma de agradecimento e carinho, uma maneira de a noiva poder homenagear e agradecer às madrinhas por terem aceitado ao convite de viverem com ela esta ocasião tão especial.