Post Type

Apesar do nome complicado, a micropigmentação tem um objetivo muito simples, que é corrigir defeitos de pigmentação da pele e disfarçar a escassez e falta de pelos, principalmente das sobrancelhas. Em razão dos resultados surpreendentes que podem ser atingidos, a técnica vem ganhando adeptos a cada dia, e passam a proliferar no mercado os profissionais que oferecem o serviço. Contudo, é importante que se tenha um pouco mais de informações a respeito, visando evitar escolhas erradas, que podem surtir efeito contrário ao desejado: oportunistas de plantão oferecem o serviço a baixo custo, utilizando método e equipamento inadequados, produzindo ao final um resultado sofrível, artificial, de difícil correção e que será visto e lamentado durante meses. É fundamental, assim, que se escolha profissional preparado, com diploma de formação em curso técnico reconhecido, que mostre experiência no assunto, e que não deixe dúvidas quanto aos seus cuidados na execução do trabalho.
É um procedimento estético similar à tatuagem, em que a pigmentação é introduzida na camada subepidérmica da pele, através de um aparelho chamado dermógrafo. Não tem, contudo, a duração definitiva de uma tatuagem, e o pigmento tende a ser eliminado naturalmente pelo organismo, dentro de aproximadamente 18 meses. Uma sessão de sobrancelhas dura cerca de 2 horas, e nos 5 a 7 dias subsequentes há a formação de uma crosta – que é a cicatrização – que é eliminada pelo organismo. Após 15 dias, nota-se um clareamento de até 50% da pigmentação, que atinge nessa etapa a coloração natural. Só depois desse prazo é que poderão ser percebidas eventuais falhas, que deverão ser corrigidas após 1 mês, com a realização de um retoque geral para reafirmar o pigmento.
Várias podem ser as técnicas empregadas, mas a que apresenta resultados mais realistas é aquela em que o profissional traça, um a um, todos os pelos que formam o desenho da sobrancelha. Essa técnica, chamada de 3D, reproduz os pelos e a projeção de suas sombras na pele, obedecendo inclusive o sentido de crescimento dos fios reais. Ao final, o que se percebe é um resultado hiper realista, em que apenas o toque fará perceber a diferença entre os pelos reais e a micropigmentação.
Antes da aplicação, o profissional deverá apresentar ao cliente um esboço do resultado, observando o desenho e formato de seu rosto, além de fazer fotografias que mostrem o antes e o depois do serviço executado. Também é nesse momento que se define a coloração a ser utilizada, após minucioso estudo de colorimetria. Para maior conforto usa-se um anestésico tópico, sendo recomendável a aplicação de uma pomada nos dias seguintes, para melhorar a absorção dos pigmentos pela pele. Para se atingir o melhor resultado, durante uma semana após o procedimento deve ser evitado contato com sol, mar, piscina e maquiagem na região, além de exercícios físicos por causa da transpiração.
Além de reconstruir, corrigir e realçar as sobrancelhas, pode-se micropigmentar os olhos, lábios, camuflar alopécias, reconstruir aréola mamária pós mastectomia, camuflar vitiligo e cicatrizes atróficas, tratar e camuflar estrias, rugas,  linhas de expressão e até calvície.
A micropigmentação bem feita, realizada com os cuidados adequados, vai muito além da mera estética. Ao corrigir os pequenos defeitos estéticos que muitas vezes incomodam e constrangem, afeta-se diretamente a auto estima de quem a adota, proporcionando assim uma melhor qualidade de vida.

Por Elô Freitas

Spazio Della Bellezza

Elô Freitas é maquiadora profissional e designer de sobrancelhas,
proprietária do salão Spazio Della Bellezza, em Barão Geraldo.

Av. Dr. Romeu Tórtima, 425 – Barão Geraldo

Telefone: 3308-0706