Post Type

O Scirocco GTS 2015 ganhou, em sua versão esportiva, 10 cv em relação ao seu antecessor, chegando aos 220 cv gerados pelo motor de quatro cilindros 2.0 litros turbo.
A transmissão é manual de seis marchas ou, como opcional, uma de dupla embreagem, também de seis velocidades, DSG, o que permite ao hatch médio acelerar de 0 até 100 km/h em 6.5 segundos e atingir a velocidade máxima de 244 km/h, com a caixa manual. A lista de novidades, entretanto, não para por aí, graças as rodas de 18 polegadas Norwich ou de 19 polegadas Lugano. As pinças dos freios são pintadas em vermelho e, no exterior, o modelo possui pacote R-Line, que engloba mudanças nos para-choques dianteiro e traseiro, saias laterais, asa e difusor traseiros. São seis opções de cores para a carroceria, começando com vermelho “Flash Red”, branco “Pure White” ou “Oryx White”, cinza “Urano Grey” e “Indium Grey” e preto “Deep Black”.  Dentro da cabine os detalhes são em preto, o volante esportivo com detalhes em vermelho, sistema de entretenimento e informação “Composition Colour”, pedaleiras de aço inoxidável, manopla do câmbio em formato de bola de golf e partes cromadas dando contraste por todo interior. Como opcional, o acabamento pode ser em couro Vienna, além de faróis de bi-xenôn e teto panorâmico de vidro e volante multifuncional. O Scirocco é um coupé originado em 1974 da mesma base do Golf, feito para substituir o envelhecido cupê Karmann Ghia, na época.